Muspellbreid

– Oie. E ae, como tá?
– … pensei que estava cumprimentando ela.
– Não só ela, não é?
– …

Tenho me sentido um pouco abandonado nestes dias, sem muita vontade de postar. Foi difícil até para escrever para os Cavaleiros do Reino do Horizonte, mas eu consegui, embora não tenha ficado bom como eu gostaria. Ao menos acredito que a Ciss e o Toni vão gostar.
Quem são? Dois grandes vanires… Vanir, palavra nórdica que significa amigo, companheiro. Tenho sentido falta de meus vanires, mas eles têm seus próprios problemas, assim como tenho os meus. O que me deixa contente é saber que “o mundo gira e a lusitana roda”… quer dizer, que algumas de minhas idéias continuam tomando vida e correndo o mundo sozinhas. Eu não inventei a palavra vanir, mas saber que ela se dissemina de mim adiante me enche de orgulho.
Múltiplos projetos, várias preocupações. Sexta-feira tem a encenação da paixão de Cristo lá em Itajaí. Não contei? Serei Pilatos e lavarei minhas mãos do sangue dEle. Tenho que escrever mais, e desenhar para o Salão de Artes… eu quero mesmo participar. Fora isto tem a campanha de Castelo Falkenstein. A campanha de Mago parece que morreu… o círculo se desfez, sabem como é? Meu vanires já não são amigos entre si e isto está me afetando também.
Reportando: a edição 3.5 do Dungeons & Dragons continua em frente, e nesta semana foram publicados uma prévia dos novos Feats no Revision Spotlight da semana. E tem até elfo com Multishot… argh! Alguém andou assistindo Senhor dos Anéis em demasia.
Frase da Semana: Ele tem olhos cinzas… by Samy. Adorei este elogio. Tá bom, talvez não tenha sido um elogio, mas quem me conhece sabe que para mim isto caiu como um elogio. Adorei mesmo


Deixar uma Resposta