You are a part of my life

Não, eu não estou apaixonado… ainda assim eu quero morrer.
Talvez a morte seja um objetivo distante demais, mas eu a desejo… desejo a morte, como se deseja o frio e o calor, a noite e o dia. Como clamei pelo inverno.
Since I met you for the first time
Minhas mãos estão cobertas de sangue e caído no campo de batalha eu clamo pela misericórdia das Valquírias.
Mil idéias estão aflorando em minha mente, de guerra, de sangue, batalhas… idéias nórdicas. Tenho medo de escrever durante a depressão embora isto somente me impulsione. A melancolia que ela trouxe exige de mim mudanças… mudanças de ares. Para onde? Para além do horizonte, é tudo o que desejo.
In the sky, in the night
Fuga. Talvez seja só isto que eu queira. Morte, mudança… fuga?
Voar… talvez voar fosse uma boa alternativa. Tenho sentido falta das minhas asas novamente. Que asas? Nunca tive asas! É,… saudade das asas que não tenho, dos lábios que me foram negados. Dos beijos do aço e dos lábios da morte.
I will love you till I die…
Um imenso frio percorre minhas costas, invade minha carne. Sinto falta delas. Deveriam estar aqui para me impulsionar… ao horizonte. Para os braços da morte.

Achei uma menina no ônibus com um anjinho na omoplata direita, sobre a blusa. Be cynical, I will.


Deixar uma Resposta