Notícias de longa data

O final de semana salvou os meus medos da semana que se passou. Claro que muitas das coisas ainda me incomodam: faculdade, dinheiro, saúde, amigos… amores.
Nada mais de promessas.
– Se ela morrer no fim, eu te mato!

Ontem iniciou-se a Mostra de teatro. A primeira performance “El Dragón y su Furia”, a despeito do nome, é uma peça um tanto filosófica. Um homem e uma mulher, discursando sobre a evolução humana e do intelecto. Não me agradou tanto como peça em si, mas posso ressaltar a expressividade dos atores, principalente nos momentos mais encalorados da discussão. Arrancou risos da platéia. Risos? Mas não era para ser sério? Creio que o excesso de expressividade e os textos castelianos pareceram cômicos, mas não se enganem… a peça é séria; mas não dramática.
Hoje tem Orpheu e O Menino do Dedo Verde.


Deixar uma Resposta