Rainha de Mármore

Minha amada rainha,
longamente aguardo teu chamado
e desejo o doce trinado de tua voz…

Minha amada rainha,
tão longos os dias que não a vejo,
eternidades que se propagam na memória…

Aguardo,
o canto que talvez nunca virá,
nos versos lírico
e no clamor suave das notas agudas…

E sempre que o poente tinge o céu
despertando lampejos em minha visão
eu desejo teus olhos sobre mim
determinados…


Deixar uma Resposta