Marche para a Vida

marche, marche, marche…
o sol quase se põe,
o horizonte desaparece,
a lua ascende

marche, marche, marche…
o fardo pesa, peso que se nega
a vida é mera lembrança,
tal qual uma fotografia amassada

marche!
eu vejo o horizonte
temo não poder alcançá-lo

marche!
a vida segue
e eu a abandono?



Deixar uma Resposta