Em Honra dos Bravos

Em Honra dos Bravos:

Arathorn: um irmão leal, oponente incomparável. Tive sorte de ter sua espada ao meu lado.
Arwen: sombria e distante, nunca soubemos o que se passava em sua mente. Mas nunca nos faltou o sorriso silencioso ou as mãos ágeis.
Brian: este jovem seria bravo até o último instante, acredito. Se tivesse sido escudeiro hoje seria um grande cavaleiro.
Elrick: misterioso como surgiu, ele partiu. Mas seus feitos e lâminas certeiras jamais serão esquecidas.
Galadriel: jovem e imprudente. Uma elfa pequenina que nos rendeu boas risadas, doces alegrias.
Maeglin: ágil como um gato, valente como um tigre. Apoio silencioso e confiável nas horas mais incertas.
Melkor: convencido, prepotente, seguro de si. Foi o escudo mais sólido em nossa defesa.
Naga: nunca confiei muito nesta mulher, mas ao contrário do que previa nunca houve dúvida em seus atos.
Pequeno Gafanhoto: esta pequena criaturinha nos surpreendeu com sua astúcia. Ganhou lugar de honra em nossas fileiras.
Luthien: uma luz suave na negridão de nossos dias. Nem eu sei como este milagre surgiu em nossas vidas.
Vincent: amigo-conselheiro, apoio nas horas mais necessárias. Um carisma avassalador e um ego ainda maior.
– do diário de Sir Harold Audrey



Deixar uma Resposta