da Mariko

I

deixei meu lar de verde madeira rústica
um sofá de veludo azul.
sonho até agora
uma moita negra brilhante
exato à esquerda da porta

para baixo a caminhada
clickity clank
como minha boneca em sua carruagem
fui sobre os estalidos –
“nós iremos para longe”

II

não chore minha boneca
não chore
eu seguro você e a nino para dormir
silêncio silêncio pretendo agora
não sou sua mãe que morreu

III

ajude ajude
ajude sinto a vida chegando mais perto
quando tudo que quero é morrer

by http://ubbibr.fotolog.net/makura/?pid=9591397



Deixar uma Resposta