jan 3 2005

Através de Vales e Montes

Algumas pessoas dizem que o fim de ano é terrível, que elas sempre se decepcionam, mas… eu acabei descobrindo que… quando se espera pouco, e se esforça muito a gente consegue se divertir um bocado.
Houveram discussões é claro, por amigos e ônibus perdidos, mas houveram muitas conversas boas e risadas e jantar com a família, os sobrinhos que estão para chegar, os planos e expectativas (algumas que dão medo) para o próximo ano. Houve até praia.
E sobretudo, eu me esforcei. Escalei montes e transpassei vales só para estar com ela, e tive uma das melhores tardes da minha vida, com minha amada deitada ao meu colo e um gosto doce nos lábios.
Há cinza no céu e ainda resta muito disto em mim. Mas existe uma verde esperança que brilha timidamente no interior dos olhos castanhos…

› Continue lendo