jan 23 2005

Domingo

Ainda que radiante e azulado, ainda que desperte o fulgor e o riso noutros lábios, que alimente as paixões, mesmo as mais singelas, no coração do homem comum; ainda assim é para mim cinzento e lamurioso o domingo em que a tua presença me falta.

› Continue lendo