Reflexões sobre Amor e Amizade

Você pode gostar dele – retorquiu sir Guillaume, mordaz – mas não dorme com ele. E quando chega a hora de uma escolha, Thomas, os homens sempre escolhem aquela que aquece as camas. Pode não lhe dar uma vida mais longa, mas sem dúvida será uma vida mais feliz.
– O Herege, Bernard Cornwell

Um amigo nunca lhe falta, não lhe trai ou troca. Amigos são eternos, mas nunca substutuírão a ausência de uma pessoa amada. Esta por sua vez, caso seja além de companheira uma boa amiga, terá os atributos de uma companhia perfeita.

Então existem aqueles que confundem o amor (ou mesmo a amizade) com o desejo e a paixão; ilusão esta que já se mostrou destrutiva muitas vezes.
O Amor não é possessivo e não deseja nada além de seguir amando, assim estava escrito nuns papéis antigos que os homens copiaram; e eu acredito.
Bem, para variar, esta é uma crítica minha ao mundo moderno, onde os homens (e também mulheres) tratam os relacionamentos como mera diversão, esquecendo que existem não só direitos, mas deveres para com seus amigos e amantes. Até estas palavras já foram corrompidas.

Eu tentei resumir a minha indignação, juro que tentei. Aos leitores que vão me considerar intolerante e atrasado, sinto muito; eu realmente desprezo o mundo da forma que ele se tornou e sonho com uma utopia muito além do Horizonte…


Deixar uma Resposta