Resenhas

Peter Pan e Wendy – versão integral
James Matthew Barrie

Um clássico, mas com certeza é muito mais do que isso. Conta a história da pequena Wendy, uma garotinha que ansiava as responsabilidades de uma mulher adulta e a aparição de um garoto fantasioso, o jovem Peter Pan, menino birrento e dono-de-si que não deseja crescer. Junto a seus irmão, aos meninos perdidos, e a minúscula Sininho, Wendy e Peter vivem várias aventuras na Terra do Nunca, desafiando índios, feras e piratas.
O livro surpreende pelos comentário de Barrie sobre a atitude das crianças e a conseqüência que geram no mundo dos adultos. Nisto, muito se assemelhou ao Pequeno Príncipe; mas com a visão invertida: Barrie é um adulto discurssando sobre a psicologia infantil. E nisto ele é ótimo.
Destaco ainda o final do livro, um tanto dramático e surpreendente; que normalmente não é apresentado nas versões resumidas, filmes e peças teatrais; e ainda, a iniciativa da corte britânica de não retirar os direitos autorais sobre a obra decorridos 50 anos da morte do autor. Porque? Barrie doou os direitos, enquanto vivo, a um hospital infantil de Londres.

Zoologia Fantástica
Jorge Luis Borges
Um breve tratado sobre criaturas mitológicas e fantasiosas em geral; é pouco abrangente e bastante vago. O tal do Borges não tem um método muito bom de escrever e tenta compensar isto nas citações de outras fontes, que ele não cita com eficácia. Valeu o conhecimento da mitologia oriental, mas de resto nada além do que eu já conhecia.



Deixar uma Resposta