abr 18 2005

sobre Arte e artesanato

Estava divagando dia destes sobre a função o meu trabalho (para quem não sabe, eu sou webdesigner); e na definição de uma amiga em considerar o meu trabalho uma arte.
Eu não vejo as coisas deste modo, me considero muito mais um artesão do que um artista. Explico: meu pai é construtor naval, e fabrica navios mercantes. Os navios que fabrica tem a função de serem úteis, e também agregam certa beleza mas, não são uma expressão ou representação das idéias de um povo.
Assim como o meu trabalho, que eu acredito ser bastante útil, tem a função de tornar os websites usáveis e bonitos; mas em si não possui representação artística, ao menos da minha parte.
E por isso eu me considero um artesão; um artesão de bytes…

› Continue lendo