Resenha: O Cavaleiro Inexistente, Italo Calvino

Terminei a pouco de ler o “Cavaleiro Inexistente” do Italo Calvino. O livro é fantástico na idéia e nas questões filosóficas, mas peca um pouco na narrativa, especialmente no desfecho. Creio que se deve um pouco ao estilo rápido de narrativa do autor. Um livro pequeno, que entretém tranquilamente uma viagem de ônibus.
O livro narra a saga de um cavaleiro bravo e honrado que é posto em dúvida quanto ao seu direito ao título de cavaleiro e ao nome que possui. O problema é que este título é tudo o que este cavaleiro é, realmente; além de uma armadura que move-se sozinha por pura vontade do tal Agilulfo (esse é o nome do improvável sir).
Então o cavaleiro inexistente é uma fábula de dedicação e ideais tão pouco encontrados hoje em dia, representados num cavaleiro que não existe. Sinceramente não sei porque a Dani me presenteou com este livro (ironia)



Deixar uma Resposta