ago 26 2005

A Sombra de um Homem

Estranho… é como posso definir. Algumas pessoas me acham parecido com o Eric Lehnsherr, e eu estou re-lendo os Cavaleiros porque pretendo voltar a escrever.
Mas existem palaras estranhas no meu caderno, coisas que rabisco sem motivo… sobre carência e solidão.

Não da prá fingir ser quem não sou e, estranhamente hoje eu prefiro não fazê-lo.
Estou me tornando novamente um sombra do que poderia ter sido

› Continue lendo