set 14 2005

A vida passa, eu permaneço…

Estava tentando criar rimas neste verso ontem. Consegui várias, embora nenhuma tenha permanecido até esta manhã… ah, eterealidade! Fui a apresentação da Jana na Semana de Letras e História da UNIVALI e descobri que a Bruna também ia para lá. Muito boa a apresentação, em especial os de Drummond e Castro Alves.
E depois, longas conversas com meu amigo Paulo, sobre o futuro e o passado.
Se você fosse uma peça de xadrez, qual você seria?

› Continue lendo