And I’m still lonely here inside of me

Aconteceu novamente. Outra noite, outra chuva, outro sonho. E ele continua me cobrando um passo que não é meu, uma ação que eu não posso fazer.
Se eu o ouço, rasgo minh’alma novamente, atiro longe a justiça e a honra por que tanto luto. E em troca do quê?
Meus sonhos nunca foram bons



Deixar uma Resposta