fev 1 2006

Herança Gélida

Não diga porque
É tão simples cometer um crime
quando fico só em tua presença
(estou aqui!)

as ilusões se vão quando você não é honesta a respeito do que sinto
sei que preciso da sua voz

Reservo todas as minhas palavras só para você
Mas esqueça-me

Eu reservo todas as minhas palavras só para você

Não sei porque
existe um limite a despreza
com a visão do futuro a meus pé
(estou aqui!)

A noite me acolhe enquanto
esta imagem simplesmente me afasta
sinto que preciso só da sua voz

E eu estou só aqui dentro de mim
bem dentro de mim
acredite na luz que há em mim

E eu estou só aqui dentro de mim
bem dentro de mim
revele a luz que está em mim

Reservo todas as minhas palavras só para você
Mas esqueça-me

E eu estou só aqui dentro de mim
bem dentro de mim
acredite na luz que há em mim

E eu estou só aqui dentro de mim
bem dentro de mim
E eu nunca,
nunca me senti assim antes
Eu não quero te deixar com minhas lágrimas
Se você vai desaparecer

Acredite na luz que há em mim
Reservo todas as minhas palavras só para você
Mas esqueça-me

Caio de joelhos só por você
Mas por favor, esqueça-me

Re-escrito de Lacuna Coil »» Herança Gélida.

› Continue lendo