Fim da Caminhada

Noventa milhas; três dias,
os músculos rígidos já não suportam a marcha,
o corpo faminto entorpece com doses de endorfina,
os olhos pesam, pestanejam a mente não mais resiste.

Posso ouvir teu canto, suave e distante,
que me chega aos ouvidos como o correr da fonte,
com a refrescância da suave brisa noturna,
o repouso do orvalho da manhã invernal.

Ouço teu cântico, tua voz chamando meu nome,
um sussurro delicado e sutil convidando ao repouso,
ao doce e merecido repouso dos teus braços,
dama dos lábios doces e abraço gélido.



Deixar uma Resposta