Sementes de Mágoa

Pulou a cerca e roubou minhas mudas recém plantadas;
Levou-as para casa e plantou em seu próprio quintal;
Regou e cultivou-as com afinco e dedicação;
Hoje colhe os frutos maduros e me devolve;
Arremessa-os contra mim com um sorriso nos lábios



Deixar uma Resposta