Ofélia

Ela estica as garras e alcança o céu,
rasga o firmamento sem esforço
e faz vazar leite das estrelas
que cascateiam por seus cabelos
tingindo de argêntea sua tez
legando uma cicatriz leitosa,
evidenciando os seus castanhos
com o radiar distante de Sadalsud


Deixar uma Resposta