O Homem que a Morte deixou

Dizem os antigos que certa vez a morte conheceu um homem por quem se apaixonou. Ele não era mais belo ou mais forte do que os outros, mas tinha algo nos olhos que cativou a sinistra donzela. Casaram-se então, ou viveram juntos talvez e foram felizes.

Mas com o tempo, como a maior parte dos relacionamentos, surgiram as mágoas e as injustiças e cada vez mais a Morte sentia-se só. Seu amado já não tinha por ela a mesma paixão, já não lhe dedicava os mesmos beijos, as antigas carícias.

A Morte chorou e chorou… e certo dia se foi. Juntou os poucos pertences que lhe eram caros e deixou o lar enquanto seu esposo estava fora. E ela nunca mais o procurou. E dizem que ele permanece sozinho em sua casa até os dias de hoje, esperando que a Morte volte…


2 Respostas para “O Homem que a Morte deixou”

Deixar uma Resposta