set 11 2007

Em nome do Pesar

Nas cinzas desenho círculos, elos e espirais, tais quais as de um bracelete de prata. Sagrado?
Passaram-se anos e eu não pude fugir, não pude escapar as memórias.
A chuva continua caindo sobre mim mas eu quero mais. Me livrar destas correntes e grilhões que queimam com o fogo dos deuses.
Pesar, teu nome é Jefferson

› Continue lendo