Mais duradouro que a eternidade…

Anathema - EternityDisse que me amava, no passado, presente e vindouro. Encontrei as palavras rascunhadas numa pequena nota, abandonada enquanto a perdia dentro de mim.

Aquele pedaço de papel transcendeu os limites do próprio tempo e imortalizou um sentimento encrustado em sua superfície.

Ainda lembro de como suas garras escaparam ao beiral e mergulhou na escuridão. Somente o silêncio e a marca dos arranhões, que demoraram a desaparecer. Sob a crosta, no entanto, outras lembranças pelas quais não posso sequer agradecer-te, pois não a encontro novamente.

Já tão inserida em meu âmago que desfaz todas as tentativas em percebê-la, separá-la de minha psiquê. Acredito que enlouqueceria se te encontrasse novamente, e perderia-me contigo. Permaneço são portanto, na busca que perdura além da eternidade.


Uma Resposta para “Mais duradouro que a eternidade…”

  • Patrícia Says:

    Sir Véxo! Tudo o que vc escreve parece tão sincero 🙂
    Anathema é ótima banda!
    E eu entendo qdo vc diz que queria às vezes afastar sentimentos ao escrever, ser mais objetivo, eu entendo isso… Acho que escrever bem tem a ver em saber dosar bem o trabalho intelectual com sentimentos, tem que haver a dosagem certa.
    Continue escrevendo, eu te apóio nessa! 🙂
    PS: Nesses últimos dias eu estava no Canadá e não entrei mto na internet/msn, por isso ainda não conversamos, mas aguardo ansiosamente te ver qquer hora por lá! :*

Deixar uma Resposta