Sob as Cores…

A minha frente a realidade se desfez,
a fina camada de tinta sobre o mundo
descascou, desprendeu-se e caiu.

Como folhas amareladas pelo outono,
largadas ao solo acumularam diversos tons
a serem pisoteadas por mim.

Sob a camada que caiu somente uma sombra,
estruturas e pinceladas apressadas
num cinza verdadeiro.

De forma que, desfeita a ilusão
permanece somente o meu velho feudo,
pintado nas cores de seu senhor.


Deixar uma Resposta