Vítimas da Inocência

Há uma sensação difícil de explicar, na percepção da passagem de tempo. Ela me é ocasionada ao perceber que a Inocência já não é a mesma. Não que tenha perdido a graça em seu sorriso, ou a familiaridade de seu olhar. Mas de certo modo ela amadureceu. Tornou-se senhora de seu destino como outras princesas outrora.

Há uma certeza em Ivória, de que as princesas se tornam damas, que galgam seus medos e os superam. E quando você menos espera é salvo – ou destruído – por sua determinação e beleza. Isto só me fortalece a sensação, ao perceber que hoje a Inocência também destrói os corações incautos, dos bravos e destemidos.

Como também eu fui destruído um dia…


Deixar uma Resposta