Ainda outra fantasia…

-continuidade a Outra fantasia…

Surgiu num outro amontoado de folhas num universo paralelo. A trança direita se desfez no caminho deixando os cachos soltos e um amarrador amarelo do Jake pendurado como se a lutar pela vida. O dragão, de escamas roxas e reluzentes se prostava ao lado dela, curioso. Ela olhou em volta e vislumbrou a mãe, de pé na varanda do quintal, vestindo uma saia estampada em verde que a menina conhecia bem. Ela segurava uma xícara de chá e o cheiro gostoso de biscoitos de canela enchia o ar. Acenou para ela, mas a mãe pareceu não notá-la. Neste universo o pai não existia, e assim também a menina não chegara a nascer. O cheio de ervas e canela se tornou mais forte, e o resto de algodão doce subitamente amargou em seus lábios. Angustiada, buscou novamente a passagem através do monte de folhas alaranjadas, mas descobriu somente um monte de cinzas. O dragão o havia incendiado. Sentou sozinha ao lado da cerca e chorou. Sozinha num sonho em que somente um dragão púrpura a poderia ver.


Deixar uma Resposta