abr 10 2009

Tal Mãe…

Deixou a mortalidade no último dia 23 Nicholas Hughes, filho da poetisa a quem muito admiro Sylvia Plath. Sylvia era uma pessoa melancólica e depressiva que partiu deste mundo inalando gás em sua cozinha, quando Nicholas ainda possuía somente um ano de vida. Tal como a mãe, batalhou contra a depressão e apesar disto, optou finalmente por seguir o exemplo de Sylvia, enforcando-se.

Me leva a questionar sobre a hereditariedade de certos aspectos psicológicos, ou a influência que um fato desta magnitude sobre a vida de uma pessoa. Possivelmente, ainda jovem, Nicholas fora severamente questionado sobre a atitude de sua mãe ou mesmo taxado como o “filho de Plath”. Teria isto causado ou potencializado a aparente desordem psicológica?

Ou haverá realmente um fator genético associado e, sendo assim, podemos também nós tansmitir estes aspectos a nossos decendentes?


mar 3 2009

O que o Futuro Reserva…

Início de março, início das aulas; e muitos dos meus amigos estão fazendo seus caminhos, abrindo passagens, buscando horizontes. Alguns terminaram seus estudos, alguns começam a estudar agora; uns ficam, outros partem.

A Mari fará Física na UFSC, o Grim também; o Jefferson foi para o seminário semana passada. Pedro não fará faculdade, mas continua com o chinês e o Matheus começará Design por aqui enquanto o Ferio o termina este ano. A Ruko se foi para Floripa também. Logo talvez o Paulo se decida.

Eu permaneço, sem saber se isto é bom ou ruim. Se desejo asas para voar para longe ou para estar sempre por perto.


jul 10 2008

Falta drama ou falta cerveja?

MeloDrama tenta erguer-se novamente, por iniciativa do Ferio e do Coelho. Acho uma ótima, mas não sei mais se é meu lugar. Falta inspiração e sobretudo já não me sinto em casa.

Melodramático isto, certo?
Escritores e interessados, acessem: www.melodrama.com.br/portal.

maio 28 2008

Arrumando a Casa

Foi a muito tempo, e tanto foi feito neste ínterim. Existem novidades, é claro e alguns novos objetivos começam a despontar conforme uns outros são deixados de segundo plano e outros são concluídos:

  1. Após minha formatura não consegui aprovar nenhum artigo, mas este ano, para minha surpresa fui aprovado para o WEI (Workshop sobre Educação em Computação);
  2. Meu nome também tem aparecido na internet vinculado a um outro blog, o Tomo 4ᵉ, onde publico teorias a respeito do D&D 4ª Edição;
  3. Junto a livraria Época e a Nikkori, estou organizando um evento de RPG, o D&D Game Day aqui em Itajaí; e
  4. Não menos importante, o Caindo ganha seu próprio endereço .com.br.

Estou tentando despertar um pouco de criatividade para minhas prosas e contos, mas não tem sido fácil. Estou prático demais nestes últimos tempos…


set 3 2007

on Last.fm

[imagem excluída]
Considerando-se que as músicas que ouço têm, em média, 5 minutos de duração; foram cerca de 2h47 initerruptas por dia durante os últimos dois anos, segundo o Last.fm

› Continue lendo


ago 11 2007

Eu, que tantos fracassos colecionei

Eu, que tantos fracassos colecionei,
recebo minha primeira figurinha repetida
de outras mãos que não as suas

› Continue lendo


ago 10 2007

Atualizações

Semana atribulada, corrida e tumultuada… altos, baixos e elos, muitos elos. Neste final de semana SCAM e dia dos pais

› Continue lendo


ago 6 2007

Sorriso II

Na madrugada de ontem ganhei um segundo sorriso

› Continue lendo


jul 30 2007

Ofícios de um Guerreiro


› Continue lendo


jul 28 2007

Tecendo Malha

Hoje eu moldei elos em metal, e perdi pele em dois dedos ao fazê-los. Mas me sinto orgulhoso por estar tentando, embora haja muito a aprender. Preciso aprender a tecer uma malha, e quem sabe unir meus pedaços outra vez

› Continue lendo