abr 12 2016

Recortes do Exílio

My land has palm trees
Where the thrush sings.
The birds that sing here
Do not sing as they do there.

You want everything
Another world where the sun always shines
And the birds always sing
Always sing…

O primeiro verso vem da versão inglesa para a “Canção do Exílio” de Gonçalves Dias; o segundo de Where the Birds Always Sing do The Cure. Quis experimentar um mash-up.


abr 1 2016

Flores de Plástico

Estas flores nunca irão morrer – você disse.

Somente entre você e eu – respondi – elas sempre vão morrer. Deixei as rosas se transformarem em sangue sobre a mesa e parti.

[ uma idéia extremamente curta, e um pouco inspirado por The Cure, Titãs e Ravenloft ]