jul 7 2012

once, there was a véxo behind the glasses…

Uso um sorriso falso, que deixa as pessoas confortáveis a meu respeito mas que não demonstra meu ser real. Uso-o enfim, para evitar ser questionado a respeito daquele que não possuo.

Este, o verdadeiro, lacrei numa pequena caixa, escondido sob os males do mundo. De vez em quando abro uma fresta, e espio dentro da caixa, na esperança cruel de ver um brilho esmeralda no fundo…


set 2 2011

Entwined

Eternally EntwinedOcasionalmente deixo minha fortaleza e volto às colinas onde outrora haviam os campos que semeei,… que semeamos. Pouco lembram as pradarias do passado, hoje cobertas por ervas daninhas e grama selvagem. O pomar transformou-se num pequeno bosque, repleto de pássaros e pequenos espreitadores.

Na manhã gélidas, o orvalho torna a visão ainda mais bucólica, cobrindo com uma fina camada de luz leitosa as verdanias e refletindo os primeiros raios do sol nascente. Mesmo sobre as pequenas muradas e as águas parcialmente descobertas do antigo chalet, o saudosismo se derrama perene.

Mais adiante, sobre uma solitária laje branca nossas árvores tecem sua sombra ainda entrelaçadas, alheias às estações que se sucedem. A primeira, coberta em musgo e líquem é tua, Decepção; e a cinzenta e estéril, meu Ressentimento.

Alinhado com: